Interesses políticos em jogo de um lado arrogância e do outro ignorância: resultado povo feito de otário


Ouvi recentemente as intenções de um gestor público para investir em uma cidade do interior do Paraná. Segundo as reclamações veiculadas por rádio comercial, o prefeito está interessado em usar dinheiro poupado ao longo de três anos de administração pública para comprar mais máquinas, mais carros, entre outras coisas, além de continuar subsidiando agricultores familiares. Porque segundo a proposta inicial beneficiaria toda a população.

Então é público a disputa entre os poderes executivo e legislativo para a aprovação do projeto. De um lado, há o interesse puramente em forçar o legislativo por meio da mobilização civil em defesa de seus supostos interesses sociais e coletivos, que, do meu ponto de vista, é público e necessário.

A pergunta que não resiste sem ser mencionada abertamente é se estamos falando de um pré-candidato  a reeleição ou se estamos falando de outros preocupados com o uso indevido da máquina pública para aparecer bem na foto.

Parece que temos ambos os lados discutindo os seus objetivos pessoais e não o interesse público. A população observa atentamente.

Porém, deve-se buscar algumas respostas. Afinal, por que ninguém fez nada antes?

Por que em ano eleitoral querem esvaziar o caixa? Quem seriam beneficiários das compras? Quem são os amigos beneficiados pelas compras?

As licitações estão sendo direcionadas a quem?

No ano passado, ocorreu um desentendimento público entre as duas autoridades máximas. De um lado estava a arrogância e de outro a ignorância. Pois as farpas saltaram aos olhos de quem observou as declaração dos dois lados. Hoje é possível notar um objetivo em cuidar do que é público pelo revanchismo.

Sabemos da incompetência no gerenciamento do dinheiro público, de como uma prefeitura pode estar endividada pelos próximos séculos. É insanidade apoiar um projeto disfarçado em destruir o caixa da prefeitura.

Algumas ações divulgadas nada são além de propostas de campanhas nunca cumpridas. Deste modo, novamente estão brincando com a inteligência do povo. Imaginam que o povo prefere a ignorância e não sabe como gestores públicos e fiscalizadores públicos se comportam  com tanto dinheiro público em caixa.

Devo dizer que no ano passado, a prefeitura a qual me refiro, recebeu mais de treze milhões de reais. Sobraram em torno de quatro milhões de três anos de gestão. De doze milhões aproximadamente recebidos anualmente foram economizados um pouco mais de um milhão e trezentos mil reais.

Aonde está o resto dinheiro? Quanto foi gasto com a merenda escolar? Aonde estão as licitações? Quantas empresas concorreram? Qual era o valor do uniforme doado as crianças carentes de necessidades básicas e não carentes? Por que o município ainda é tão desigual em renda per capita? Como a Secretaria de Saúde tem tanto dinheiro disponível? Por que os investimentos em Educação foram reduzidos? Por que não foi construída uma escola nova? Por que ainda não estão cumprindo o piso nacional dos professores sem nível superior?

Parece que a economia foi grande mesmo. No entanto, acredito que recursos importantes de suas finalidades originais foram desviados de sua aplicação inicial. Podemos pensar pelo menos numa possível festa com o dinheiro público.

Quantas viagens os vereadores realizaram com objetivo de buscar uma formação próxima da adequada para a função?

Quanto cada vereador está recebendo de salário? Quanto cada um gasta de combustível?

Quanto foi gasto para comprar copos e cafezinhos para o intervalo?

Quantas folhas foram gastas?

Aonde estão os valores, as notas fiscais?

Quantos comissionados há na prefeitura e quantos na câmara de vereadores?

Sem essas respostas iniciais não se deve jamais pensar em gastar mais dinheiro público.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s