Ser bilíngue turbina o cérebro


Aprender uma língua estrangeira é um tremendo desafio aos estudantes. Sabe-se das oportunidades profissionais da aprendizagem, de como é possível melhorar o desempenho acadêmico por estreitar limites fronteiriços.

Segundo pesquisadores americanos da Northwestern University, aprender duas línguas afeta profundamente o sistema nervoso, melhora a capacidade em identificar sons especialmente em ambientes ruidosos e a atenção. Capacidade parecida com a dos músicos.

Outra pesquisa sugeriu que ser bilíngue também diminui as chances de se desenvolver demência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s