Ideb do Paraná cai e reflete descaso com a educação


O PSDB (45) do governador Beto Richa e Elias Farah Neto está fazendo todos os avanços da Educação caírem por Terra.


A qualidade do ensino básico no Paraná caiu no governo de Beto Richa, apontam os últimos números do IDEB- Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, divulgados na terça-feira (14) pelo Ministério da Educação. Na medição anterior, feita em 2009, quando Roberto Requião era governador, o Paraná ficou em primeiro lugar entre todos os estados brasileiros. Agora é o terceiro colocado. Dos 27 estados, nove apresentaram queda na qualidade do ensino. Acompanham o Paraná nesse declínio, entre outros, Acre, Maranhão, Pará, Alagoas, Paraíba e Bahia.
Para o senador Roberto Requião, a queda na qualidade do ensino básico do Paraná tem um responsável: o governador Beto Richa, que não soube manter os avanços registrados nos anos anterior na educação pública estadual:
-Esse retrocesso é inadmissível. Fizemos enormes investimentos na construção de escolas, no equipamento delas, na preparação dos professores, através do PDE, na merenda escolar, nas atividades extra-classe, como o Fera. Em nosso Governo a educação foi realmente prioridade. E os resultados colhemos no Ideb, no Enem, no Enade, exames de avaliação que sempre destacaram o Paraná. E agora começam a desmontar tudo que o paranaense conquistou”, disse o senador.
Requião lamentou ainda que essa queda de qualidade do ensino médio estadual não desperte críticas ao governo, quer da Assmbléia Legislativa quer na imprensa: “É conspiração do silêncio, parece que está tudo dominado, sob controle do governador. Quem perde com isso são as nossas crianças. Estamos jogando contra o nosso futuro. É preciso denunciar esse declínio na educação pública e pressionar o governador a agir”.
O senador alertou especialmente os deputados de seu partido, o PMDB, para que defendam os avanços e conquistas da educação pública paranaense, de forma a impedir que o declínio verificado no Ideb acentue-se.
Queda também na Copel
Além da queda do índice que mede a qualidade de ensino, Requião chamou a atenção para uma nova queda do lucro da Copel. Segundo ele, a má gestão governamental reflete-se por toda a administração, ao mesmo tempo em que Beto Richa infla as tarifas da água, da luz, do Detran. “É a volta do governo dos negociantes e quem paga a conta é o paranaense”, afirmou.

Roberto Requião.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s