Educação paranaense virou laboratório de testes para aloprados governistas


Há quem acredite que Educação não é política e economia, tentamos constantemente distanciar a suposta Educação dos movimentos econômicos. Isto é, Educação não é para formar trabalhadores-escravos dos sistema financeiro predador que impera no mundo atualmente, ela seria para formar um cidadão ativo, participativo, colaborador, solidário e cheio de competências. Bem, esta lorota contada por formadores de professores todos conhecem. Prefiro sugerir o seguinte: vamos nos preocupar somente com a alfabetização nos anos iniciais do Ensino Fundamental, vamos ensinar nossas crianças primeiro a ler e escrever o nosso Português Brasileiro, depois ensinamos a Matemática.

Definitivamente precisamos parar com essa hipocrisia sinistra que domina as discussões acerca da nova Matriz Curricular do Estado do Paraná para a Educação desfeita novamente no Ensino Médio.

Por que há a proposta de redução de disciplinas? Muito elementar, há a possibilidade de se economizar no investimento por aluno. Mentira, não haverá economia porque não necessitaremos de tantos professores de Línguas Estrangeiras, mas vamos precisar de mais professores de Matemática e Português Brasileiro.

A discussão é desnecessária porque estamos atacando o problema pela direção errada. O melhor caminho é investir mais na formação do professores da Educação Básica e com a devida atenção às condições de trabalho dos professores dos anos iniciais. As  dificuldades devem ser superadas já nos anos iniciais, e não confundir letramento contínuo com alfabetização contínua. Alfabetização deve ocorrer até terceiro ano dos anos iniciais. Letramento é um processo contínuo, pela vida toda.

A Educação paranaense e do Brasil está cheia de modismos, de iniciativas desastradas que confundem Educação com laboratório de testes. Os professores são os agentes responsáveis em testar as idéias-negras dos aloprados em cobaias. Quem são as cobaias da Educação vergonhosa brasileira? Os nossos brasileirinhos e brasileirinhas.

No Paraná, adoramos modismos, especialmente os que têm tudo para dar errado. O Ensino Médio em módulos (ou blocos) é um excelente exemplo. Gastaram uma fortuna para mudar tudo. Agora vamos deixar a mudança inovadora à época para realizar mais um teste, vamos enfiar goela abaixo uma nova Matriz Curricular porque as únicas disciplinas capazes de formar um cidadão são as disciplinas de Português Brasileiro e Matemática.

Neste momento de discussões internas nas escolas sem as cobaias, nossos estudantes, o que está mais aflorado é o preconceituoso entre as disciplinas. O que muitos professores têm pautado é a importância da disciplina que ministra no Ensino Médio. Queridos, se as disciplinas fossem levadas a sério pelos estudantes, não precisaríamos discutir porcaria alguma. Seríamos um sucesso.

Um dos argumentos da Secretaria de Estado da Educação do Paraná tem sido a interdisciplinariedade no Ensino Médio para compensar a falta de disciplinas como Educação Física e Arte.

Permita-me desenhar: os professores de Matemática não sabem nem mesmo ler o nosso Português e terão que falar de Arte, seria isso? Claro, eu sei, alguém diria que na Arte também há matemática. Eu sei, quantos professores conservadores, ultrapassados, pregados aos  conceitos da Arca de Noé estão dispostos a aprender novas possibilidades interativas de Ensino?

O que tenho notado é o de sempre: professores de Matemática em sala, estudantes mudos, copiando o conteúdo do quadro.  Estamos na ditadura, melhor, não estamos na ditadura, mas temos professores que não se conformaram com o  Estado Democrático de Direito em que vivemos porque supostamente perderam a autoridade para as buscas do Google e não sabem mais como resolver este impasse. Ficar mudo e copiar são métodos eficientes dos anos 50.

Com muito carinho, aos meus queridos mestres de Matemática.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s